quinta-feira , 25 maio 2017
Início > Blog > RPG > Dicas > 2D10 anotações nos bolsos de seus NPCs

2D10 anotações nos bolsos de seus NPCs

Saudações RPGísticas, Roladores de Dados.

Cá estou novamente para trazer algo a acrescentar em suas mesas de RPG. Na postagem de hoje, reuni um punhado de ideias organizadas em tabelas (adoro isso), baseadas em um artigo da Halina Adamski em um zine de RPG dos EUA. E até mesmo para aqueles que não gostam de improvisar e entregar o destino de suas narrações nas improbabilidades dos dados (ainda mudarei esse seu jeito de pensar!), você poderá aproveitar as ideias que este artigo irá propor! Então arme-se com 1D6 e 2D10 e siga-me!

bolsos dos npcs (1)Quem é que não gosta de uma surpresa no RPG? Uma incógnita? Algo incomum? Considero o mistério (seja sério ou cômico) um dos pontos chaves de uma aventura, independente de onde ele possa surgir. E o mais legal é que: a surpresa pode estar em qualquer lugar, inclusive NO BOLSO DE ALGUM NPC.

Quando os PdJs (Personagens dos Jogadores) enfrentam goblins, kobolds, orcs, homens-lagarto (ou qualquer monstro humanoide consciente que acumule objetos de valor e riquezas), é bastante comum os heróis saquearem os falecidos/abatidos corpos dos adversários derrotados em um caloroso combate.

Mas porque fazer um encontro casual de goblins na floresta um combate que renda apenas algumas armas, pedaços de armadura e moedas? Porque não haver algo mais nos bolsos de suas calças e no fundo de suas algibeiras? Porque não ANOTAÇÕES? Como cita Halina Adamski, estas anotações podem estar em qualquer lugar! Sejam elas queimadas em couro, gravadas em pedra ou grafadas em veludo ou velino (podendo estar em diferentes estados de conservação: limpas, dobradas, rasgadas, com marcas de sangue, mordidas etc).

bolsos dos npcs (2)As anotações podem conter qualquer informação que deverá ser acrescentada futuramente na sessão (a escolha sempre será dos PdJs). Isso incrementa não só a criatividade dos heróis em imaginar inúmeras coisas, como também a improvisação do juiz/mestre a partir do momento em que os PdJs decidirem dar maior atenção àquele pedaço de papel dentro do bolso de um goblin abatido escrito “Gargolina está te procurando”.

À princípio serão duas tabelas, role 1D6: Se cair de 1 a 3, role 1D10 na tabela 1. Caso caia de 4 a 6, role 1D10 na tabela 2.

  • Tabela 1 
  • Tabela 2 
 Role 1D10 e compare o resultado:

  1. bolsos dos npcs (4)“Pegue a primeira à direita depois do poço”
  2. Uma carta pela metade para uma dama (rainha, senhora feudal, camponesa etc)
  3. “Camaron Majere, Rua das Espadas, Nº 4, Waterdeep”
  4. “Me encontre debaixo da ponte à meia-noite. Ass. T. da Ponte”
  5. “Shows & Banhos Niele. Agende uma tarde de descanso e entretenimento”
  6. Uma agenda de compromissos diversos
  7. Um desenho de um dragão vermelho feito de giz colorido
  8. “Gargolina está te procurando. Tome cuidado, ela sabe farejar suas moedas.”
  9. Um panfleto religioso (de uma seita COICIDENTEMENTE oposta à do paladino do grupo)
  10. “Farinha, ovos, 3m de tecido de viúva amarelo, ferradura de mula…”
Role 1D10 e compare o resultado:

  1. bolsos dos npcs (3)Uma nota meio destruída: “tesouro amaldiçoado (única parte legível)”
  2. Um panfleto com uma fofoca local capaz de causar uma guerra entre mercadores e nobres
  3. “Traga o crânio de (o nome da mãe do PdJ que ler aqui) para mim!”
  4. 1d4 piadas estúpida e sem graça (o mestre deve explica-las detelhadamente)
  5. “três passos à direita, três passos à frente, dê uma volta. Cinco passos para trás, abaixe e pule para trás.” (São instruções de dança, mas podem ser confundidas com instruções para encontrar um tesouro em um mapa)
  6. Um testamento com os últimos desejos do falecido (seja dramático)
  7. A árvore genealógica do NPC que acompanha o grupo (se não houver, pode ser um dos PdJs)
  8. “O objeto em questão está enterrado na lareira da taberna Bafo-de-Bode”
  9. Letras de música (de aventuras anteriores do grupo)
  10. Uma cobrança real assinada pelo xerife local

Lembre-se que as anotações podem estar em qualquer lugar, desde que sejam encontradas junto aos pertences de NPCs insignificantes abatidos!

Curta nossas páginas: Rolando Dados e Dados Caóticos

Comente se gostou o não desse artigo…

E veja os outros posts do Will:

Próximo Anterior

Como Lidar com Jogadores Novatos? #01

1d3 Dicas de Domar o Mestre Negro do Mal

Próximo Anterior
Will, O Caótico
O CAOS em Rolando Dados
Dono da página de RPG do Facebook "Dados Caóticos. Também Skywalker, Bolseiro e historiador informal. Leitor compulsivo e cervejeiro, nas horas vagas um mago e apreciador da cultura escandinava. RPGísta há mais de 10 anos, que apesar de ter iniciado o hobbie na infância com sistemas considerados complexos, se tornou um grande apreciador do roleplay OldSchool e da diversão descompromissada que o RPG pode oferecer...