segunda-feira , 21 agosto 2017
Início > Blog > RPG > GURPS!!! Vale a pena?
GURPS

GURPS!!! Vale a pena?

Olá aventureiros e aventureiras de todas as nações, eu sou o Magohuman e estarei trazendo conteúdo de GURPS pra vocês!

View post on imgur.com

O que é GURPS?

Significa Generic Universal RolePlaying System, é um sistema criado para que qualquer tipo de obra (jogos, filmes, animes, outros rpgs, etc.) possa ser adaptado dentro de um mundo de RPG. Diferente de outros livros e sistemas como D&D, Vampiro, etc. O simples GURPS não trás um mundo consigo, não existem divindades pré definidas ou cidades famosas, e essas coisas que você encontra no D&D, ele só tem as regras para que você possa jogar, com isso você cria/copia seu próprio universo.

Qual a vantagem de usar GURPS? 

A primeira é poder se aventurar em vários universos diferentes (medieval, vampiro, steam punk, Naruto, etc.) com um único sistema, facilitando a transação entre um e outro sem depender de aprender outro sistema do zero, já que muitas vezes um sistema é criado para aquele universo em específico. Se você já tentou adaptar D&D para uma coisa nada a ver com fantasia medieval vai entender do que estou falando!

A segunda vantagem é o dado! Sim, os dados!!! No famoso Dungeons and Dragons, por exemplo, a chance de tirar 1 (falha crítica) ou 20 (sucesso crítico) é bastante alta. Falando com a matemática, seria de 1 em 20. Entretando, o GURPS traz um sistema de 3D6, onde uma falha crítica seria tirar 3, e um sucesso crítico 18. A chance de cada um acontecer é de 1 em 216!

Eu sempre fui muito azarado no sistema D20, então pra mim simplesmente não dá. Já o GURPS a maioria das rolagens vai sair entre 9 e 12, devido ás combinações possíveis com 3 dados, isso torna o jogo mais equilibrado e dependente de como você distribuiu seus pontos, forçando os personagens a criarem táticas sem, mas desconsiderar por completo o fator sorte.

Terceira vantagem, o combate! Ás vezes lutar no RPG pode ser muito chato, sendo focado em “ataque, golpe duplo, esquiva e contra golpe”… Já testemunhei confrontos de 1 hora que ficavam nisso, e como isso é entediante!

Bom, adaptando situações do mundo real, o GURPS traz uma gigantesca gama de manobras de combate, que qualquer um pode usar, e se você tiver o tabuleiro, a imersão fica ainda melhor. Armas com alcances diferentes, manobras como *respira* se jogar no chão, atacar a arma do inimigo, agarrar o inimigo ou a arma, mirar em parte específica do corpo, derrubá-lo, sufocar, andar e atacar, atacar enquanto se move, atacar com tudo, defender com tudo, fingir um ataque, trocar de arma, quebrar a arma do inimigo, esperar por uma brecha do inimigo, analisar a armadura em busca de pontos, mirar, concentrar-se para magias, usar técnicas especiais e algumas coisas a mais! Sim, mais coisas, porque no momento eu só estarei abordando a parte que diz respeito á fantasias medievais e atuais, complementos futurísticos podem trazer muito mais ações.

Quarta vantagem, por último, mas não menos importante, GURPS é um sistema genérico, e ele não é perfeito, afinal, as pessoas que o fizeram também não são. Mas existe muita gente nas internets que, vendo um ponto fraco em alguma parte, simplesmente mudou o sistema e criou suas regras. Você pode achar muita coisa por aí, e 95% delas estarão no fórum oficial do jogo, no site da Steve Jackson Games, mas tudo em inglês, infelizmente. Lembre-se que a palavra final é a do mestre!

View post on imgur.com

Pô, legal, mas e as desvantagens desse tal GURPS?

Desde que a DEVIR desistiu de trazer o jogo pra cá, vai ficar mais difícil achar o conteúdo, principalmente em português. GURPS está em sua 4ª edição, com muitos complementos, e não tem previsão pra uma quinta (não que eu saiba). Mas a DEVIR só traduziu 2 livros da 4e, que são os 2 sets básicos. Então você não teria o livro de magias que traz uma infinidade de opções para magos, ao menos que você saiba inglês. Nesse caso, você pode comprar os livros em inglês lá fora e viver feliz, já que tudo isso que escrevi não servirá para nada.  Mas o preço no momento estaria um pouco alto, já que fora é… bom, dólar…

Segundo ponto negativo, as magias! Eu, como um usuário de magos, reparei que o GURPS traz um sistema de magias bem antigo, do tipo, “compra essa magia e ela faz isso”, diferente do grandioso sistema de magias apresentada no Arkanum, utilizando o Sistema Daemon, onde você é livre para criar o que quiser com sua mágica e o mestre determina qual vai ser o gasto disso. Mas é claro que, como é tudo um jogo de interpretação.

Eu recomendo que vocês leiam esse sistema de magia da Daemon apenas para terem uma ideia, ao invés de deixar o personagem preso, para adquirirem a ideia de liberdade, ou então veja qual magia mais se aproxima daquilo que o jogador quer fazer e dê um valor, não vai ser tão difícil adaptar, mas vendo o suplemento GURPS MAGIC muitos jogadores podem se sentir “presos”. Depois irei fazer um post sobre magia explicando tudo, então não se acanhem!

Terceiro, último e mais importante ponto! GURPS é um sistema genérico. Para que um mestre possa mestrar uma campanha em GURPS, é preciso criar um mundo, definir a era, a tecnologia, saber o que existe nesse mundo, o que é proibido, vantagens e desvantagens e muita interpretação!

Pode parecer óbvio o que eu falei, mas se você simplesmente dizer “cria uma ficha ai e vamos jogar” certamente o jogo vai dar errado, e cabe ao mestre usar as vantagens e desvantagens dos jogadores para criar a história e conseguir encaixar tudo isso em uma campanha!

Se você procura um mundo pronto já, ou você usa o sistema GURPS e copia esse mundo, ou joga outra sistema. Mas é de extrema importância que você conheça esse universo bem, pois o sistema permite desde o mais clichê dos aventureiros em busca de desafios, até o mais peculiar vendedor de garras de goblin que vai utilizar o comércio para unir 2 reinos e juntar um exército poderoso para derrotar o dragão, usando assim as escamas para trazer mais conforto para sua sala!

GURPS é difícil de aprender?

Perguntar isso é o mesmo que perguntar se andar é difícil. É claro que um bebê não vai conseguir, aos poucos ele aprende e depois tá por aí, correndo e quebrando o braço.

Com GURPS é a mesma coisa, não é um sistema que você pega sem nunca ter aberto o livro e diz “hoje vai rolar um GURPS com pizza e coca com os ‘parça!”

Você precisa ler, tirar suas dúvidas, criar suas fichas, preparar a aventura e depois jogar, leva um pouco de tempo (1 semana pra mim), mas depois que você aprender, vai ver com olhos brilhantes a enorme vantagem de utilizar essa maravilha do mundo moderno! Uma vez que ta todo mundo familiarizado, o jogo flui bem rápido, dando espaço para muito tempo de interpretação!

Considerações finais

Bom galera, por hoje é só isso, espero que o primeiro passo tenha sido dado, tentei abordar diversas informações importantes que encontrei em diversas fontes. Logo mais trarei explicações sobre como jogar, interpretar conteúdo 18+, suplementos, economia nos reinos, criando mapas e acertando a natureza, etc.

Qualquer dúvida entre em contato pelo Caralivro (a.k.a. Facebook), ou mande uma mensagem pelo formulário de Contato.

Ah, sobre o mapa e bonequinhos, eu criei uns hexágonos no photoshop e imprimi em 6 folhas, depois juntei tudo com contact. Como minha skill em handcraft é baixa, acabou ficando torto, mas da pra jogar.

Quanto às miniaturas, eu uso os bonequinhos do heroclix. É só comprar os mais baratos, pros inimigos pode pegar os bandidos genéricos, ninjas assassinos, tem até uns heróis ou vilões que não são mais usados em campeonatos e ficaram com preço bem baixo. Tenho certeza de que achará uns que você vai gostar e que vai sair bem mais barato que uns outros aí…  *Reinos de Ferro*.

Imagem feita no Photoshop baseado no dia em que um arcanista das trevas tirou 20 para acertar meu anão.

magohuman
Enquanto fazia uma viagem de navio com meu pai, um trágico acidente fez com que o navio naufragasse, eu fui o único sobrevivente dele, nadei até uma pequena ilha próxima onde vivi o inferno por 5 anos, até que pudesse ser resgatado por um navio pesqueiro. Agora, de volto á minha antiga cidade, usarei o que aprendi naquela ilha para trazer justiça á este mundo
magohuman on Behancemagohuman on Deviantartmagohuman on Dribbble
  • Ótimo artigo, só acrescentando, esse sistema de magia citado por você é o sistema básico, existem sistemas alternativos e oficiais do GURPS, incluindo um bem parecido com o sistema Daemon/Mage/Ars Magika…. é o suplemento Ritual Path Magic.

  • Matéria interessante. Mas pô, o GURPS Magic faz justamente o contrário: ele dá mais opções de sistemas de magia para os jogadores que não gostam do sistema apresentado no módulo básico. Mas por falar em Arkanun, quem gosta do sistema de efeitos mágicos de lá pode curtir o esquema apresentado para magia ritualística no GURPS. Não é tão engessado quanto ao sistema básico.

  • Israel Gonçalves

    Olá mike, o sistema de magia no livro básico é bem… básico mesmo, o MAGIC apresenta mais magias e da muitas opções, mas são aquelas magias prontas. Eu ainda vou fazer um post exclusivo para magos e falar mais do MAGIC. Obrigado pelo feedback ;D

  • Israel Gonçalves

    GURPS tem muito suplemente, ainda não tive tempo de ler todos, estou fazendo os posts justamente pela escassez de conteúdos em português, aprendi gurps não faz muito tempo, e vou aprendendo mais conforme vou escrevendo. Ainda vão ter outros posts sobre magic, e com certeza vou ler o Ritual Path! Obrigado pelo conselho Kirlian ;D