quarta-feira , 13 dezembro 2017
Início > Blog > Video Games > Kingdom Rush Origins – Para passar o Tempo Ocioso

Kingdom Rush Origins – Para passar o Tempo Ocioso

Sabe aquele dia em que você está sozinho e sem internet? Aí você pega o seu celular, abre a pasta de aplicativos e pensa “o que eu vou jogar agora?”. Pois bem, para esses dias eu tenho o Kingdom Rush Origins intalado!

Kingdom Rush Origins é o terceiro jogo da série da série de tower defense Kigdom Rush, mas é o primeiro na cronologia dos jogos. Entendeu? Tipo os filmes que tem uma sequência que vem antes? É o tal do prequel… Ok, vamos parar de palhaçada e vamos logo ao jogo.

kingdom-rush-logoKingdom Rush é um jogo no estilo Tower Defense lançado pela Ironhide Game Studio lá em junho de 2011, em Flash. Sua versão para iPhone e Android foi lançada em dezembro do mesmo ano, sendo o único jogo gratuito da série. Os gráficos têm um estilo de desenho animado bem simples, mas bonito e leve.

O jogo ainda trás um sistema de heróis, onde você pode controlar esses heróis pelo campo de batalha enquanto vai construindo as torres para impedir que os inimigos avancem. Cada herói tem suas habilidades e magias específicas, evoluindo e fazendo parte efetiva da estratégia (em grego strateegia, em latim strategi, em francês stratégie…).

Jogue Kingdom Rush aqui! 

kingdom-rush-frontiers-logoDois anos depois, em junho de 2013, foi lançado o Kingdom Rush Frontiers, uma continuação direta da história de Kingdom Rush que manteve os gráficos e jogabilidade do primeiro jogo. Esse já veio a um pequeno preço nas lojas de APPs, mas vale a pena pagar por ele. O preço é bem baixo comparado com as horas e mais horas de diversão. Em novembro de 2013 foi lançada a versão Flash do Frontiers.

Jogue Kingdom Rush Frontiers aqui!

Kingdom Rush Origins

kingdom-rush-origins-top

Por fim, em novembro de 2014, foi lançado o terceiro jogo da série, Kingdom Rush Origins, que conta a história de antes de Kingdom Rush, como toda a bagaça começou.

Como não podia deixar de ser, Origins manteve todos os elementos de sucesso dos jogos anteriores (ou seria posteriores?), mas com novos mapas, novas torres, novos heróis e novas magias, além de novos inimigos, claro!

Kingdom Rush Origins também é um jogo pago, mas, exatamente como o Frontiers, vale cada centavo. Não vale a pena eu mencionar o preço aqui, pois o dólar está variando muito e isso afeta muito o preço de jogos estrangeiros para quem vive no Brasil. Mas é realmente barato!

Já dentro do jogo, você pode gastar ainda mais dinheiro, se quiser, comprando itens e heróis mais poderosos (e estilosos) para te ajudar nas campanhas, mas eu consegui terminar todo o jogo apenas com os cinco heróis que são liberados conforme você avança e sem usar nem um item sequer!

História

a-historia-de-kingdom-rush-origins

Ao contrário do que muita gente pensa, um jogo de tower defense não precisa ser só um level atrás do outro e nada mais. Kigdom Rush, que é considerado um dos melhores tower defense já lançados, sempre teve sua história por trás das invasões de monstros que você tenta impedir com suas torres.

Se no primeiro jogo você estava combatendo o terrível mago negro Vez’nam, que tinha em seu poder a Lágrima de Elynie, e em Frontiers você persegue o maligno Lord Malagar atravessando desertos, selvas e subterrâneo para impedir que ele ressuscite o terrível demônio Umbra, em Origins você acompanha uma guerra entre elfos e elfos negros, aqui chamados de elfos do crepúsculo, até chegar ao final do jogo e descobrir como Vez’nam conseguiu por suas mãos na Lágrima de Elynie, dando origem à história do primeiro jogo. Você pode inclusive comprar ele como herói durante as campanhas!

A cada etapa do jogo, você se depara com uma mini história em quadrinhos, que te dá a introdução daquele arco, então você não sai simplesmente construindo torres e mais torres sem qualquer informação, você sabe exatamente o que está acontecendo ali… mas você pode pular tudo sem ler, se preferir.

kingdom-rush-origins-historia

No início do jogo, um grupo de gnolls invade a tribo dos elfos e sequestram a princesa Alleria Swiftwind, o que faz com que os elfos comecem a rastrear de onde veio essa ofensiva e resgatar a princesa. Mas, ao avançar ainda mais, adentrando nas florestas encantadas e, posteriormente, nas ruínas da Primeira Cidade, os elfos acabam enfrentando os terríveis elfos do crepúsculo.

deusa-aranhaMalicia, a rainha dos elfos do crepúsculo, se juntou à rainha aranha Mactans, e elas pretendem por suas mãos sobre a Lágrima de Elynie, uma relíquia tão poderosa que deu origem à raça dos elfos, muitas eras atrás. Quando as duas conseguem tocar na relíquia, acidentalmente ao mesmo tempo, seus corpos acabam se fundindo na poderosa Deusa Aranha, seu desafio final no jogo (ou não).

Ao derrotar a Deusa Aranha, você consegue recuperar a Lágrima de Elynie, porém, a joia já foi corrompida pelas almas de Malicia e Mactans… pior ainda, cai logo nas mãos do mago negro Vez’nam, o levando a se tornar o grande vilão de Kingdom Rush.

Dá um belo plot para uma campanha de RPG, não? Hum… isso me deu uma ideia…

Enfim…

Kingdom Rush Origins

Aqui em Rondonarnia, nós sofremos muito com uma questão chamada “conexão de merda”. Sim, a nossa Internet é à base de lenha, então, quando chove muito, a lenha fica úmida e o sinal fica ruim. Por isso, eu sempre procuro jogos bons que funcionem offline, o que está cada vez mais difícil de se achar.

Kingdom Rush Origins veio suprir essa necessidade, uma vez que, depois de completar toda a campanha, se abrem mais três mini campanhas com dois mapas cada uma, dois mapas infinitos, onde você precisa sobreviver a infinitas ondas de inimigos, e cada mapa do jogo, além de três níveis de dificuldade (casual, normal e veterano), ainda contam com os modos Heroic e Iron Challenge. Ou seja, dá pra jogar muito tempo!!!

iPhone Android

Baixe, jogue e seja feliz!

Excelsior!

Kigdom Rush Origins

Gráficos
História
Jogabilidade
Diversão
Desafio

Nota final

Ótimo jogo offline, com belos gráficos, boa jogabilidade e consome pouca bateria.

User Rating: 4.7 ( 1 votes)
Oneiros
Autor em Rolando Dados

Formado em Sistemas de Informação, amante de culinária e RPGista desde 1999, mestre desde… nem se lembra, conhecedor e pesquisador de sistemas de RPG, tem o estranho costume de falar sobre ele mesmo na terceira pessoa… o.O


Oneiros on DeviantartOneiros on EmailOneiros on FacebookOneiros on GoogleOneiros on InstagramOneiros on PinterestOneiros on TwitterOneiros on Youtube