quinta-feira , 23 novembro 2017
Início > Blog > RPG > Nebula RPG: Piratas de Marduk [Review]

Nebula RPG: Piratas de Marduk [Review]

Tiago Junges ataca novamente. O Coisinha Verde não para de criar jogos e agora ele ataca com um RPG de Space Opera chamado Nebula RPG, que vai te colocar na pele de um pirata lutando contra um governo tirano e enfrentando perigos em vários planetas de um sistema solar bem diferente do nosso.

Claro que eu usei de meus contatos e contratei um pirata espacial veterano para roubar umas informações pra mim. Ele me trouxe uns certos arquivos digitais com dados sobre o Nebula RPG, e eu vou te falar tudo que achei sobre o sistema.

Sistema Tigris

Após um tempo incerto (talvez milhões ou bilhões de anos) vagando pelo espaço, uma nave comandada por um computador chamado SARAH, com uma inteligência artificial capaz de evoluir, e embriões humanos congelados, chega a um sistema que SARAH batiza de Tigris.

SARAH terraforma um dos planetas do sistema e começa a gerar humanos a partir dos embriões congelados. Para cuidar dessa crianças, SARAH cria androides semelhantes a humanos. SARAH controla os humanos, mas eles se revoltam e conseguem detonar SARAH, dando início a uma nova era.

No ano estelar 117, quarenta e dois anos após a derrota de SARAH, uma nova ordem se estabeleceu. A OMEGA agora reina em Ishtar e Marduk, estabelecendo acordos com outros planetas e raças para manter a ordem.

O sistema possui nove planetas e todos estão descritos em Nebula RPG, com dados como categoria, gravidade, pressão atmosférica, temperatura atmosfera, governante e núcleos urbanos, além de uma breve descrição com seus principais pontos de interesse.

O Pirata

Seu personagem em Nebula RPG será um pirata espacial, independente dos seus objetivos, ele é um fora da lei lutando para conseguir grana para se manter vivo e pagar suas dívidas… se você está vivo, deve para alguém. Ele poderá ser humano, androide psiônico, Zarak ou Gorf, sendo que cada raça tem suas estatísticas de perícias e outras características.

Todo pirata em Nebula RPG começa com quatro perícia marcadas em sua ficha, que são Vigor, Reflexo, Percepção e Vontade. Você pode escolher mais três perícias para marcar em sua ficha e distribuir seus 15 pontos entre elas, mas nenhuma pode passar do nível 4.

Cada nível de cada perícia, além de adicionar um dado na hora dos testes, te permite fazer algo relacionado àquela perícia, mas é importante você saber onde colocar cada ponto, para não ficar muito forte em alguma coisa e completamente descoberto em outra.

O Grupo e a Nave

Você não trabalha sozinho. Um pirata precisa de uma nave, e uma nave precisa de tripulação. Essa tripulação, provavelmente, seja seu grupo, seus companheiros, seu amigos… ou não.

Você podem ser contratados de um capitão que é dono de uma nave, podem ser anarquistas com uma nave e todos discutem cada decisão, ou podem ainda ser uma família. Independente do tipo de grupo que você são, e isso é decidido entre os jogadores, você têm uma nave… tem uma dívida.

Com seis tipos de naves (de caça a caça a cruzador) e vários modelos, o grupo terá que discutir e decidir qual o principal objetivo da nave, e então comprar a mais adequada, sendo que cada uma já vem com seu arsenal, trajes espaciais e demais equipamentos necessários para tripula-la.

Rolando Dados

Sempre que um personagem tentar alguma coisa, o Mestre deve decidir se o jogador deve ou não rolar um teste, também determinando uma dificuldade que deve variar entre 1, 2 ou 3, sendo 3 o teste profissional, quase impossível.

Quando o jogador rola os dados, ele rola o número de dados de seis lados (d6) que tem em pontos na perícia testada. Novamente, esse número pode vaiar de 1 a 3. Para cada dado que cair 3 ou mais, o jogador conta um sucesso no teste, sendo que para cada 6, ele rola novamente o dado, podendo aumentar sua margem de sucesso caso esse novo dado caia um sucesso.

No caso de uma reação, ou seja, um teste feito depois que alguém agiu contra o seu personagem, cada sucesso anula um sucesso do personagem ativo, o que agiu primeiro, fazendo com que sua margem diminua até que ele não consiga fazer o que queria fazer. Já no caso de uma disputa, os dois jogadores rolam os dados e quem tiver mais sucessos é bem sucedido. Simples, rápido e prático.

Tanto o pirata quanto o grupo possuem uma ficha, e os dados da nave são marcados na ficha do grupo, onde vão as armas e o dano que a nave levou.

Nebula RPG: Piratas de Marduk

O cenário é bem bolado com base em filmes e livros de ficção científica. O sistema, simples e elegante, promete resoluções rápidas, mas não realistas, deixando o foco maior no roleplay.

Por sua simplicidade, o sistema ainda pode ser facilmente adaptado para qualquer cenário, exigindo pouco tempo e esforço para adaptar as perícias e algumas poucas características.

Nebula RPG: Piratas de Marduk está em financiamento coletivo pelo Catarse, sendo que já atingiu sua meta com folga. Isso significa que você pode ir lá, pagar seus R$ 42,00 e esperar o livro chegar em casa, sem precisar torcer e nem contratar um pirata espacial ameaçar ninguém.

Sistema
Cenário
User Rating: 4.78 ( 2 votes)
Oneiros
Autor em Rolando Dados

Formado em Sistemas de Informação, amante de culinária e RPGista desde 1999, mestre desde… nem se lembra, conhecedor e pesquisador de sistemas de RPG, tem o estranho costume de falar sobre ele mesmo na terceira pessoa… o.O


Oneiros on DeviantartOneiros on EmailOneiros on FacebookOneiros on GoogleOneiros on InstagramOneiros on PinterestOneiros on TwitterOneiros on Youtube