quinta-feira , 23 novembro 2017
Início > Blog > Livros > Sósia – Um Livro de Renan Cardozo

Sósia – Um Livro de Renan Cardozo

Recentemente recebi a honrosa tarefa de ler o livro Sósia de Renan Cardozo (autor de Mboi Tu’i e Outros Contos) para fazer essa resenha. Na verdade, estou bem atrasado no cumprimento dessa tarefa, já que a ideia é que a resenha fosse publicada antes do fim do financiamento coletivo, mas, como eu sempre digo, antes tarde que mais tarde, certo? Sem mais delongas vamos à minha opinião:

Sósia

“Pessoas vão fazer qualquer coisa para evitar encarar suas próprias sombras”. – Carl Jung

O livro não bebe, praticamente se embriaga nas inspirações de H. P. Lovecraft, que é, se você não reconheceu o nome, o autor e criador de Cthulhu e outros tantos terrores cósmicos. Quando digo isso, não é por conter aberrações ilógicas ou criaturas anteriores ao universo, mas também não estou dizendo que não tem (na verdade eu ainda estou em dúvida se existem ou não esses bichos no livro do Renan), mas pela forma de escrita, sempre em primeira pessoa, tomando diários, cartas e relatos dos personagens como parte do livro. Não e à toa, já que o autor mesmo revela:

“Sósia é um suspense psicológico, inspirado pelos clássicos lovecraftianos, como O Caso de Charles Dexter Ward, que pretende questionar os laços com nossa própria identidade”.

No caso de Sósia, a narrativa é inteira composta por passagens de diário e cartas escritas ou recebidas pelo Dr. Johnas Spirandelle, nosso protagonista, um médico da pequena e pacata Nova Veneza, no estado brasileiro de Santa Catarina, que se depara com um bizarro caso de sósias, pessoas com uma duplicata delas.

Ele e seu amigo policial Carvalho, um velho soldado metódico e com faro para esquisitices, começam a cutucar para ver onde chegam nesse caso tão estranho, mas quando percebem que não deveriam ter mexido nesse vespeiro, pode já ser tarde demais.

Aos poucos, Dr. Johnas vai nos levando a diversos confrontos com nossos medos interiores, nos fazendo pensar “e se um outro ‘eu’ aparecesse na minha porta, de repente? O que eu faria?”.

Muitas pessoas diriam que se aproveitariam da situação se revesando com o sósia. Um dia um vai trabalhar enquanto o outro curte a vida, no da seguinte se invertem os papéis e todos saem ganhando. Mas será mesmo que você conseguiria conviver com você mesmo, com todas as manias, defeitos e exigências? Quanto tempo você conseguiria aguentar essa pessoa que você vê todos os dias no espelho? Profundo, não?

O Livro

Confesso que, apesar da grandiosidade da criação de Lovecraft, eu nunca foi muito fã da forma de escrita em primeira pessoa, mas a história de Sósia me prendeu de tal forma que, a cada página virada, eu me via ainda mais ansioso para saber o que iria acontecer. No final… bem, no final vocês terão que ler o livro, pois não vou dar (mais) spoilers.

SósiaA escrita de Renan é ótima! É rebuscada, mas ainda leve, nos deixando muito bem informados e ambientados dos acontecidos em Nova Veneza. A cada passo que Dr. Johnas relata em seu diário, nos banha nas informações como o cheiro e a luz fraca da cena, as tempestades que assolam constantemente a cidade, o aparecimento de mais um sósia, tudo muito bem encaixado na linha temporal, com uma história em ritmo crescente e ápice nauseante, o que é muito bom numa história de suspense e terror, certo?

O financiamento coletivo de Sósia correu pelo Catarse e foi muito bem sucedido, tendo atingido 107% do seu valor pretendido e tenho certeza que, quando receber meu livro físico, o material será de primeira, a começar pala capa de Walter Pax, que também ilustrou o RPG Chamado de Cthulhu.

E você, o que faria se encontrasse um sósia seu andando por aí? Comente!

Oneiros
Autor em Rolando Dados

Formado em Sistemas de Informação, amante de culinária e RPGista desde 1999, mestre desde… nem se lembra, conhecedor e pesquisador de sistemas de RPG, tem o estranho costume de falar sobre ele mesmo na terceira pessoa… o.O


Oneiros on DeviantartOneiros on EmailOneiros on FacebookOneiros on GoogleOneiros on InstagramOneiros on PinterestOneiros on TwitterOneiros on Youtube