quinta-feira , 25 maio 2017
Início > Blog > Uma Breve História da Origem do RPG

Uma Breve História da Origem do RPG

112161984_1GGOlá aventureiros. Hoje vamos ter uma aula de história. E pra quem não gosta de aula, vamos falar de RPG também. E pra quem gosta dos dois, parabéns, você é Nerd e Geek. A ideia aqui é repassar os eventos que levaram à criação do passatempo número um dos nerds, o famigerado Role Playing Game.

As bases do RPG são duas. A primeira é a literatura fantástica, muito difundida pela ficção pulp do início do século 20 e, é claro, pelos livros de Tolkien, o Hobbit (1937) e O Senhor dos Anéis (1954/55), enquanto que a segunda base são os jogos de tabuleiro, em especial os jogos de guerra. Romanticamente falando, podemos descrever a criação do RPG como a vontade de um grupo de nerds de jogar seus jogos de guerra, mas ao invéz de comandar exércitos, controlarem heróis.

garygygax_1-970x545E vale a pena destacar dois nerds a quem devemos a criação do RPG: Gary Gygax (1938-2008), aluno da universidade de minnesota, autor do precursor do RPG, um cenário medieval para jogo com miniaturas, chamado Chainmail (1971) e que, entre outras coisas, fundou a famosa convenção de jogos Gen Con; e Dave Arneson(1947-2009), também aluno da universidade de minnesota, que desenvolveu um cenário chamado Blackmoor (1971), o que foi o primeiro cenário fantástico de RPG, além de criar conceitos utilizados até hoje, como os “dungeons”, a presença de um jogador neutro (o Mestre ou Narrador), e a utilização de pontos de vida, experiencia, classe de armadura e outros.


imagesForam esses dois que, juntos, criaram o primeiro RPG,
o famoso Dungeons & Dragons, publicado pela TSR em 1974. A primeira versão do jogo que popularizou a modalidade incluía os preceitos fundamentais que são utilizados até hoje, como a interpretação espontânea de personagens, a utilização de regras e mecânicas de jogo, a natureza colaborativa, a presença de um Dungeon Master como mediador das aventuras, bem como o sistema de alinhamento dos personagens (Bom/Mau; Neutro; Leal/Caótico).

O jogo original, que é chamado hoje de Old Dungeons & Dragons, foi publicado como uma caixa contendo três cadernos de regras. Foi só em 1977 que a TSR editou as regras e publicou o chamado Basic Set, um conjunto de regras refinadas, destinadas para os jogadores iniciantes. Paralelamente foi publicado o Advanced Dungeons & Dragons, que continha regras mais complexas, destinadas à jogadores experientes. Foi com essas publicações que surgiram, entre 1977 e 1979, o Livro do Jogador, Guia do Mestre e Manual de Monstros.

images (1)O que se segue é a história do D&D, que vamos deixar para contar em outra oportunidade. Mas, antes de encerrar a aula de hoje, temos que fazer referência a outros jogos de RPG que abriram caminho para o que temos hoje. A década de 1970 viu surgir jogos como Tunnels and Trolls e RuneQuest, viu o nascimento de cenários futurísticos em Metamorphosis Alpha, Traveller e Gamma World, e até cenário de super heróis, como Villains & Vigilantes. Muitos outros RPGs se seguiram, alguns com impacto significativo na modalidade, mas vamos reservar uma exploração mais detalhada para um próximo artigo.

Além disso, o RPG de mesa deu origem a toda um estilo de jogos eletrônicos, que se extendem aos primeiros dungeon crawlers até os maiores MMORPG atuais, com influência em quase todos os estilos de jogos. Nessa categoria é importante citar os precursores Rogue (1980), para Unix, Ultima I (1980), para Apple II, AD&D: Treasure of Tarmin (1984), para Intellivision, primeiro RPG de console, Dragon Quest (1986), para o Nintendinho e, no ano de 1987, o nascimento das clássicas séries Fantasy Star e Final Fantasy.download

Luftstark
Luftstark é Mestre e jogador de RPG, entusiasta e apreciador de literatura fantástica, com pretensões de escritor e pouco tempo para persegui-las.
  • Diego Conti

    tolkien não é literatura pulp é high fantasy principalmente o senhor dos anéis, influenciou a criação da raça halfling(hobbit) entre outras coisas